Vovó Bel e o negão

by sexta-feira, julho 08, 2011 0 comentários


Era alta madrugada
E eu cansada da putada,
eu voltava pro meu lar...

Quando apareceu no escuro,
Um criolo com o pau duro,
Que queria me estuprar...

Com um negocio bem grosso,
Era um puta de um colosso,
Ele me mandou pegar...

E me disse que queria,
Que eu chupasse que eu mordia,
Ate seu pai levantar...

E eu que nunca tinha dado,
Era um negocio apertado,
Implorei para o negão...

Que parecia um jumento,
Que queria empurrar pra dentro,
Ai meu Deus, que judiação...

Mais o nego sem piedade,
Um escravo da maldade,
Começou a me devorar...

Só para ver se eu tinha medo,
Cutucou meu cu com o dedo,
Deu vontade de peidar...

Nesta hora agente grita,
Peida, chora e vomita,
Tudo aquilo que comeu...

Com as calças arribadas,
Perguntei com voz cansada,
"quem será que me fodeu?"...

Já estava amanhecendo,
Meu cu estava ardendo,
Quando entrei no hospital...

Todo doutor que eu via,
Eu implorava, eu dizia,
Que meu cu estava mal...

Viram meu cu de passagem,
Vai ter que fazer lavagem,
Me fizeram gozação...

Mais que ninguém costurava,
Era meu cu que latejava,
Na sala de operação...

TentaNão

Developer

O conteúdo do TentaNão é fictício! Portanto amigão (a) não pire o cabeção, leve na boa os vídeos e imagens e siga em frente. TentaNão é um blog de caráter humorístico.

*****************************************Agora você também pode comentar com o Facebook********************************************